Skip to content

Categoria: Business Intelligence

Por que você deve optar pelo Qlik em seu negócio

Por que você deve optar pelo Qlik em seu negócio

O Business Intelligence é uma estratégia muito importante para o crescimento da sua empresa. Quando usamos ferramentas de BI conseguimos coletar, organizar, separar e analisar os dados produzidos pela sua empresa. 

Hoje vamos falar melhor sobre uma ferramenta de Business Intelligence, o Qlik e explicar melhor porque você deveria contar com o Qlik em seu negócio.

Continue reading

Saiba tudo sobre a plataforma de BI – Qlik

Plataforma de BI Qlik - Conheça tudo sobre essa ferramenta!

Os dados são um ativo muito importante no meio das empresas. Ter acesso livre a eles dá aos gestores a chance de entender melhor o que está acontecendo e, assim, montar estratégias de marketing que irão ajudá-lo a tomar decisões assertivas.

Vamos conhecer melhor sobre uma plataforma de ajuda na gestão desses dados, a Qlik.

 

O que é Qlik?

A Qlik é uma plataforma que tem como objetivo ajudar empresas a se moverem de forma rápida e trabalharem de maneira mais inteligente por meio de obtenção de dados. 

É a única no mercado que permite a exploração aberta e livre, dando a todos, independente do nível técnico, capacidade de fazer descobertas reais que irão levar a um resultado real e de mudanças transformadoras. 

Mais do que uma análise de dados, a Qlik causa impacto nos seus negócios.

 

Entendendo o Qlik Sense

O Qlik Sense é uma plataforma que permite criar visualizações de forma rápida, explorar dados, revelar conexões instantaneamente e ver todas as oportunidades do seu negócio. 

Ele torna a criação de dashboards simples e fácil, além de facilitar a exploração de dados de forma que seja possível entender o que está acontecendo, mesmo não sendo um expert em análise de dados. 

Por meio do Qlik Sense você pode navegar pelos dados, compartilhar suas ideias visualmente, com a certeza que a análise e seu conteúdo são baseados em dados reais e confiáveis.

A ferramenta pode ser aplicada em qualquer organização que mantenha uma base de dados para análise e uma demanda de informações relevantes para o desenvolvimento do seu negócio.

Conta com planos para empresas de todos os tamanhos, além de uma versão gratuita que permite explorar todo o potencial da Qlik Sense antes de passar por um processo de implantação ao seu negócio.

“O Qlik Sense é uma das mais modernas soluções de BI, permitindo a conexão com várias bases de dados e a geração de insights em tempo real, podendo agregar muito à sua organização.”

 

Características do Qlik Sense

Confira abaixo algumas das principais características da ferramenta Qlik Sense:

  • Intuitivo:  você só precisa arrastar e soltar itens para criar uma visualização inteligente que se adapta aos parâmetros pré-definidos por você, sem precisar de desenvolvedores, cientistas de dados ou designers.
  • Pesquisa Inteligente: Use a pesquisa natural para navegar informações complexas para acelerar a descoberta.
  • Gerenciamento Centralizado: Localize e compartilhe análises relevantes, incluindo aplicativos e históricos, por meio de uma plataforma centralizada.
  • Integração de dados: Unifique fontes de dados para uma visão completa de informações, sem intervalos, e torne mais fácil descobrir insights ocultos.
  • Data storytelling: Permite que você compartilhe múltiplos pontos de vista – com a capacidade de retornar à análise da fonte em qualquer ponto.
  • Carregamento de dados rápido e inteligente: Funcionalidade gráfica baseada em assistente suporta múltiplas fontes de dados e vários tipos de arquivos
  • Seguro: Segurança flexível para dados e conteúdo em todos os dispositivo
  • Escalabilidade Corporativa: As vantagens da descoberta self-service com a segurança e a governança de nível corporativo de dados e análises
  • Design Responsivo: Acesse em qualquer dispositivo, a qualquer hora, em qualquer lugar
  • Relatórios avançados: Crie e distribua relatórios e templates, além de incorporá-las em documentos do Microsoft Office com Qlik® NPrinting.

 

DataOps: o que é e como pode ajudar.

DataOps é um conceito de entrega que correlaciona a junção e análise de dados. A sua função é ser um modo de trabalho interfuncional (aquisição, armazenamento, processamento, monitoramento de qualidade, performance, melhoria e entrega de informações ao usuário final).

Seu conceito é inspirado no DevOps que acredita que as equipes de desenvolvimento e infraestrutura devem trabalhar em conjunto para obter um gerenciamento eficiente dos produtos.

O DataOps concentra diversos tópicos em seu campo de atuação, como:

  • Governança
  • Aquisição
  • Transformação de Dados
  • Segurança
  • Limpeza
  • Armazenamento
  • Análise Preditiva
  • Escalabilidade de Backups e muitos outros.

 

DevOps X DataOps

O desenvolvimento de analytics vai de encontro em muitos pontos com o desenvolvimento de sistemas, porém existe uma mudança de foco entre DevOps e DataOps.

No meio DevOps, a complexidade da tecnologia é promovida, enquanto no processo DataOps o objetivo principal é simplificar o uso dela no processo de desenvolvimento. Isso faz com que sistemas e ferramentas busquem outras metodologias de modelagem mais fáceis e gerenciáveis.

O DevOps busca unificar as áreas de desenvolvimento e operações de TI. Já o DataOps, aprimora essa união de operações, gerenciando bancos de dados descentralizados e criados por pequenos times. Essa descentralização de dados é um motor para uma implementação da cultura data driven business.

Contudo, sem um controle eficaz, esse ambiente pode se tornar bastante desorganizado, sendo o papel do DataOps gerenciar os processos e gerar o mínimo impacto possível.

 

Práticas de implantação das plataformas de BI Self-Service

O processo de implementação da solução de BI gera muitas dúvidas quando pensamos em custo e tempo de começar a utilização da mesma. Mas saiba que em algumas semanas é possível ter a sua solução de BI funcionando em sua organização.

A facilidade de uso, principalmente quando falamos de usuários de dashboards, é um dos motivos de indicarmos o investimento na plataforma Qlik.

O Qlik Sense se tornou uma ótima opção para as organizações, possibilitando, de maneira intuitiva e fácil, desenhar e modificar diversos painéis com informações diferentes, além da possibilidade de criar relatórios personalizados.

 

Vamos conferir as 5 principais práticas para tirar o máximo das ferramentas de BI:

 

Envolva os stakeholders

Ao iniciar o projeto de BI é essencial envolver todos os públicos interessados, incluindo a alta gestão, para alinhar as etapas de implementação e solicitar a colaboração de todos para o mapeamento de dados.

 

Levante as informações

Nesta etapa é importante ouvir as necessidades dos envolvidos e entender quais as informações exigidas pelos gestores.

 

Mapeamento de dados

Assim que fizer o levantamento das necessidades de cada área é a hora de mapear as fontes de dados. É nesse processo que será realizado o confronto da viabilidade das solicitações efetuadas na etapa anterior.

 

Definição da ferramenta de BI

Agora você já tem identificado as informações que devem ser analisadas por cada departamento e já conhece a expectativa dos líderes de área, então é o momento de começar a implementação da solução de BI, considerando a extração, qualidade dos dados, carga e teste das informações.

 

Disponibilização aos usuários

Com a solução de Business Intelligence (BI) funcionamento é a hora de entregá-la para os usuários. É aqui também que se faz necessário criar grupos de uso e definir as permissões de visualização de acordo com hierarquia ou área. Também é importante realizar a capacitação de todos por meio de treinamentos, a fim de extrair o potencial máximo da ferramenta.

 

A implementação da ferramenta de BI é mais simples e rápida do que se imagina. 

Se você acredita que essa plataforma é ideal para o seu negócio, entre em contato com a BDA Solutions – Big Data & Analytics que nós podemos te ajudar. 

5 Aplicações do BI no Agrobusiness

Aplicações do BI no Agrobusiness: Confira essas 5

O Agrobusiness está em um processo de evolução e produtividade, isso quer dizer que o setor passa a utilizar a tecnologia em todos os campos, incluindo a gestão e, assim, o BI ajuda oferecendo diversos benefícios, garantindo competitividade e ampliando resultados.

As plataformas tecnológicas de inteligência de negócios facilitam o processo de tomada de decisão utilizando metodologias e processos de análise de dados como principal ferramenta estratégica, potencializando a gestão e aumentando o lucro das organizações do Agrobusiness.

É fundamental conhecer as alternativas para explorá-las ao máximo.

 

Conheça as 5 Aplicações do BI no Agrobusiness

Como dito, é fundamental conhecer e explorar as alternativas, por isso, vamos conhecer melhor as 5 principais aplicações do BI no Agrobusiness.

 

1 – Análise de indicadores

É possível identificar, com as ferramentas certas, quais os pontos essenciais do negócio no campo. Há como verificar, inclusive, indicadores comerciais, transformando tudo em conhecimento. 

Um recurso de BI permite a evolução do número de clientes, do lucro, das vendas e até do alcance de metas. O BI também ajuda na identificação de grandes oportunidades associando estratégias à aplicação de um CRM.

Trata-se de um jeito de conhecer e fortalecer o relacionamento com os clientes e gerar novas oportunidades. Desse modo, é possível conquistar resultados diferenciados no mercado.

 

2 – Precisão na aplicação do BI 

Buscando o aumento de produtividade é preciso ter precisão no desenvolvimento da agricultura. Essa proposta inclui a parametrização dos elementos, ajudando a evitar desperdícios e potencializar o desempenho.

Para isso, o BI é essencial, oferecendo diversas informações. Com a ajuda de ferramentas de tecnologia, é possível ter maior entendimento sobre o clima, áreas plantadas, composição do solo e outras. 

Assim, é possível, configurar as ações da melhor maneira, garantindo ótimos impactos nos resultados.

 

3 – Gestão de recursos

Por conta da grande coleta de informações e da sua análise, é possível realizar uma gestão em tempo real. 

Com o BI torna-se mais fácil e simples acompanhar a estocagem de grãos e outros produtos, por exemplo. É possível, também, cruzar as informações com outras fontes de dados, como na agricultura de precisão.

Dessa forma fica mais simples compreender a forma como os recursos têm sido usados e as melhores alternativas. Em grandes propriedades, esse uso gera um controle reforçado de todos os elementos, ajudando a garantir o máximo aproveitamento e diminuir os prejuízos.

 

4 – Unificação da operação

O BI é responsável por auxiliar a consolidação das operações em cenários onde a empresa enfrenta um vasto número de informações de todos os departamentos e unidades. 

Essa consolidação de todos os dados da empresa, permite que os gestores tenham uma visão única da organização, poupando desperdícios financeiros e produtivos, ou seja, gera mais oportunidade de lucro.

 

5 – Incremento de produção

Por conta da alta produtividade, o BI promove redução de custos. Utilizando o BI, o agrobusiness aproveita diversas ferramentas e dispositivos geradores de dados, que podem ser vantagens competitivas seja apontando uma falha de produção ou uma tarefa sobreposta. 

 

Com o BI tudo é mais organizado, ágil e confiável. Com a escolha das soluções certas, é possível aproveitar ótimos resultados e até ampliar a rede de atuação. Conte com a BDA Solutions – Big Data & Analytics para te ajudar, fale com um de nossos especialistas.

Como funciona a modelagem de dados em soluções de BI

Modelagem de Dados: O que é e como utilizar para analisar dados.

A Modelagem de Dados tem se tornado cada vez mais importante na implementação de uma cultura Data-Driven nas empresas. Através de um processo de ETL (Extract, Transform e Load) podemos juntar informações de várias fontes de dados e colocá-las em um único repositório chamado Data Warehouse / Data Marts.

 

 

Por que fazer uma modelagem de dados?

 A modelagem de dados é uma técnica de construção do Banco de Dados de uma forma dimensional onde as consultas para as construções dos dashboards serão executadas de uma forma mais rápida, intuitiva, com escalabilidade e que suporta periodicidade de atualizações.

O Banco de Dados Relacional (OLTP) é modelado com tabelas interligadas onde o processo de consulta pode causar uma indisponibilidade no sistema de gestão empresarial (ERP) pois é baseado em transações. Já no Banco de Dados Dimensional (OLAP), as métricas são colocadas em uma tabela Fato e os atributos em Dimensões, tornando o processo de análise de dados mais simplificado e com suporte a consulta para uma grande quantidade de dados sem onerar o Banco de Dados Operacional.

 

Como funciona a modelagem de dados em soluções de BI

 

Mas afinal, o que é a etapa de ETL no fluxo de dados, e qual a sua importância?

A sigla é proveniente do Inglês – Extrair, Transformar e Carregar. O processo de ETL consiste em:

  • Fazer extração dos dados de uma ou várias fontes e unificá-las;
  • Após a extração esses dados podem ter várias transformações, como:
    • Alterar os campos em novos formatos,
    • Criar campos calculados,
    • Tratar nulos,
    • Tratar caracteres,
    • Tratar espaços,
    • Fazer concatenações e combinações,
    • Limpar toda a sujeira ou dados incorretos proveniente da fonte original e ter uma qualidade dos dados.
  • E por fim, fazer a carga dos dados limpos em um repositório estruturado e modelado para esses novos campos. A carga pode ser feita de forma incremental ou completa

O processo de ETL tem uma grande importância em uma solução de BI (Business Intelligence), pois ele funciona como um orquestrador de dados para a modelagem de dados. Para a execução dessa etapa, há diversas ferramentas no mercado que auxiliam no processo, desde ferramentas open source até ferramentas pagas – Alteryx, Microsoft SQL Server Integration Services (SSIS), Pentaho etc.

Essas ferramentas podem ser configuradas para funcionar de forma automatizada e com horários pré-determinados, simplificando o processo de tratamento e unificação dos dados.

 

Qual a vantagem de utilizar o ETL?

Uma das grandes vantagens é a forma de tratamento, qualidade e agilidade que as informações serão disponibilizadas na camada de visualização de dados (Power BI, Tableau, por exemplo).

Além de todos os benefícios citados, o projeto seguirá as boas práticas de desenvolvimento de um projeto de BI garantindo a governança e performance.

 

 

Onde os dados tratados devem ser armazenados?

Conforme citato no início, a melhor prática recomendada para uma modelagem de dados em soluções de BI é colocar esses dados em um repositório separado, iniciando com uma Staging Area, e posteriormente migrados para o Data Warehouse ou Data Marts.

A Staging Area é um banco de dados intermediário que deverá conter os arquivos extraídos a partir da origem (banco de dados que contém os dados brutos, gerados a partir das transações de negócio), e devidamente tratados para serem inseridos no Data Warehouse (DW) ou Data Mart. Essa etapa ainda contempla a possibilidade de ser efetuadas as consultas Ad Hoc ou criação de Views. É um repositório de extrema importância, pois diversas consultas que seriam feitas no banco de dados original, serão feitas na Staging Area, evitando a concorrência de acessos.

Já feita a transformação e qualidade dos dados podemos carregá-los em um Data Warehouse ou Data Marts.

O Data Warehouse (DW) é um banco de dados dimensional projetado para armazenar grandes volumes de dados com performance nas consultas, o Data Mart é um subconjunto do Data Warehouse (DW), podendo ser agrupado por departamentos – Data Mart Financeiro, Data Mart Marketing, Data Mart Vendas, e assim por diante. Esse modelo permite segmentar os dados dentro da empresa de forma departamental onde os painéis financeiros, por exemplo, somente irão utilizar os dados do Data Mart Financeiro.

Esse modelo apresentado garante as boas práticas de um projeto de BI (Business Intelligence): Fonte de Dados > Staging Area > ETL > DW/Data Mart > Ferramentas de Visualização.

 

Como funciona a modelagem de dados em soluções de BI

 

A modelagem de dados para uma análise de BI é uma das formas de otimizar o seu tempo na coleta de dados, fornecendo dados precisos e atualizados sempre que você precisa, porém precisa ser bem aplicado e implementado.

Pode parecer complicado, mas quando você conta com o auxílio de uma consultoria especializada em ferramentas de BI, como a BDA Solutions, esse processo de modelagem, implementação, compreensão e treinamento são bem mais rápidos e assertivos.

 

Entre em contato com a nossa equipe e marque sua consultoria.

Domine a Gestão de Vendas e faça sua empresa crescer.

Como dominar a gestão em vendas para fazer sua empresa crescer

Todo e qualquer negócio depende, essencialmente, das vendas para sobreviver. Possivelmente você já ouviu falar que o setor comercial é o coração de toda a empresa. 

Mas, um erro muito comum é achar que a responsabilidade de gerar vendas é só do vendedor. 

O bom gerenciamento da equipe e a manutenção do relacionamento com os atuais clientes é também a chave do negócio, então dominar a arte da gestão de vendas é muito importante. 

 

O que é Gestão de Vendas?

São vários os fatores que motivam diretamente o momento da venda, como os famosos 4P’s do marketing. Que são, nada mais que: produto, preço, promoção e praça. 

Vamos a um exemplo para que você entenda do que estamos falando:

Digamos que um cliente está procurando um tênis para suas corridas, o vendedor ajuda-o a escolher o melhor modelo para sua necessidade e, a partir desse ponto, temos dois caminhos que podem ser tomados:

  1. finalizar a compra.
  2. incrementar uma venda extra nesse atendimento, como meias, squeezes, desodorante para sapatos dentre outros produtos. 

 

Mas para que o vendedor realize a ação número 2, é necessário treinamento e estímulo do gestor de vendas. Inclusive, nessa situação, o cliente (comprador) já fazia parte do processo de Gestão de Vendas daquela loja de calçados.

A Gestão de vendas é o gerenciamento de todo o processo que envolve a comercialização do produto de uma empresa. Desde a precificação correta, a escolha do melhor canal de distribuição, divulgação da marca, controle de saídas, motivação da equipe, acompanhamento do fluxo de vendas, dentre muitas outras coisas.

 

Principais características de um bom gestor

Existem algumas características essenciais para que você se destaque como um bom gestor.

 

Conseguir se automotivar

Assumir o controle para si não é uma atitude que todos conseguem tomar. Por conta disso, existem muitos chefes e poucos líderes. 

Líder é aquela pessoa que é referência para seus colaboradores, que influencia diretamente no comportamento da sua equipe. 

A motivação acaba sendo uma das características mais exigidas de um bom gestor. Afinal, para que consiga motivar os outros é fundamental que ele próprio esteja e seja capaz de se automotivar. 

Quando um líder está motivado, ele possui planos bem definidos e objetivos claros. Planeja o seu trabalho, traça a participação de todos e cria uma sensação de segurança para a equipe.

 

Ser proativo

Um bom gestor não se deixa levar pelo comodismo e apatia. Quando se age apenas mediante a cobrança de um superior a procura de um aumento salarial ou algum tipo de aprovação, acaba causando várias frustrações, tanto pessoais quanto profissionais.

Um verdadeiro gestor, está sempre em constante procura de novas informações e oportunidades para fazer com que as coisas aconteçam. E está sempre estimulando seus colaboradores a produzirem mais, consegue engajar mais pessoas a solucionar problemas e a também serem proativas.

Pessoas com essa característica tendem a investir em novos conhecimentos, especializações para não estagnar.

 

Saber liderar

É comum separar o papel do gesto do papel do líder. Porém, é indispensável que ambos sejam desempenhados lado a lado. Não há espaço para gestores que não sabem liderar. 

Saber liderar independe de autoridade, aqui estamos falando da capacidade de persuadir e influenciar por meio de uma comunicação ativa e eficaz, ter uma boa argumentação, clareza para expor ideias, buscar soluções em conjunto e instigar as pessoas ao seu redor a exporem seus potenciais e se sentirem confortáveis e confiantes ao fazerem isso.

 

Ser capaz de dar e receber feedbacks

É essencial ter um gestor que motive o colaborador, que o encoraja na busca por bons resultados. Mas é muito importante saber passar para a equipe os pontos positivos e aqueles que precisam melhorar. 

Esse feedback é uma excelente ferramenta de aprendizado e aprimoramento do trabalho individual e em conjunto. Pois é nesse momento que o vendedor sabe como ele é percebido no mercado e dentro da sua empresa. 

 

Saber gerenciar conflitos

No ambiente de trabalho, conflitos são algo do cotidiano. As vezes, é necessário intervir e saber mediar algumas situações que possam estar desestabilizando a equipe. 

Como o trabalho em conjunto é algo fundamental, as relações interpessoais da equipe precisam estar em equilíbrio.

Para ser capaz de gerenciar conflitos é preciso ser empático com seus liderados e se colocar no lugar do outro, tentando entender o seu lado e seu ponto de vista. É importante ouvir e buscar uma solução que acabe com a insatisfação de ambas as partes conflitantes. Administrar pessoas requer um trabalho contínuo de aptidão social.

 

Ser um bom planejador, objetivo e estrategista

A função do gestor dentro de uma empresa vai muito além da admissão de novos funcionários, solução de conflitos internos ou a gestão de colaboradores com foco nos ganhos e resultados. Ele possui um papel fundamental no planejamento e na estratégia dos negócios.

A sua importância anda junto do bom desempenho e da lucratividade da empresa. Um bom gestor é reconhecido por encarar o ato de planejar como algo contínuo, gradativo, flexível e responsável.

 

Erros que você nunca deve cometer na gestão de vendas

Agora que já sabemos tudo que precisamos para ser um bom gestor de vendas, vamos analisar alguns erros que devemos evitar que aconteçam na sua gestão. 

 

Erro 1: Gestão de vendas sem um processo de vendas estruturado

Independente do tamanho da sua equipe, um processo de vendas estruturado é primordial. 

Um dos cenários mais preocupantes é quando uma equipe de vendas se baseia no feeling, no achismo e em suas habilidades de venda.

Quando falamos de gestão de vendas, é preciso assegurar que estruturar o processo de vendas é responsabilidade do gestor. Seu vendedor não irá parar para estruturar o processo para você. 

A estruturação do processo de vendas é o ponto de partida para a mudança de mindset do gestor.

 

Erro 2: Não avaliar performance e métricas

Avaliar e medir são duas palavras que andam lado a lado na gestão de vendas. A estruturação vai muito além das métricas de conversão.

Talvez você já tenha escutado a expressão estar no olho do furacão. É exatamente assim que eu vejo gestores que tem muito o que fazer, mas não fazem exatamente aquilo que vai ter maior impacto.

Sei que todos os gestores têm muitas atividades para serem feitas, mas é primordial que a gestão de vendas esteja fora do furacão.

Só assim é possível, por exemplo, avaliar que o vendedor X executa muito bem o processo, ou que o vendedor Y está gerando 2 vezes mais que o vendedor Z, e assim por diante.

É preciso saber o que e para onde olhar, e depois ser inteligente o suficiente para saber como usar essa análise a seu favor.

 

Erro 3: Não estabelecer metas e comissões para o time

Essa é uma dúvida comum que muitos gestores possuem: devo estabelecer comissões para o meu time de vendas? A resposta é bem simples: SIM.

Para que essa meta seja definida e bem organizada é preciso que faça sentido, que tenha um processo estruturado para ter um resultado confiável.Quando não se estabelece metas e comissões, está se inibindo uma característica fundamental no time de vendas: a ambição.

É claro que a comissão não irá fazer com que o vendedor se sinta motivado sempre, mas se ele estiver de olho no prêmio irá dar o máximo de si para conseguir aquela conversão inesperada.

Desta forma o gestor de vendas consegue estabelecer metas que fazem cada um dos seus vendedores dar o melhor de si.

 

Erro 4: Não receber ou dar feedbacks negativos ou positivos

Mesmo com um processo de vendas estruturado é possível e até aceitável que seus vendedores executem algumas atividades de forma diferente do planejado.

É aqui que entra a importância dos feedbacks, seja ele positivo ou negativo. Existe uma característica chamada coachability que é muito importante que todos tenham. 

Ela, nada mais é que, a habilidade de receber um feedback, sendo ele positivo ou não, e de implementá-lo de forma a melhorar seus resultados.

 

Erro 5: Não compartilhar as melhores práticas e conteúdos do mercado

Quando se acompanha a concorrência e aprimora seus conhecimentos a mais chances de identificar práticas que podem ser mais rentáveis para o próprio negócio.

Identificar essas práticas também resulta em saber o que é preciso para garantir a estabilidade do negócio , seja a médio ou longo prazo.

Esses estudos do mercado trazem muitos benefícios, entre eles estão o autoconhecimento, a otimização do poder de persuasão e o desenvolvimento de inteligência emocional.

 

Erro #6: Não disponibilizar ferramentas facilitadoras

Em vendas, podemos dizer que tempo é dinheiro e, um dos fatores que mais contribuem para o ganho de produtividade é uma boa organização.

 

Como a BDA Solutions pode te ajudar 

A BDA Solutions é uma empresa de tecnologia com foco em consultoria de Power BI. Nossa metodologia tem como foco:

  • entender os negócios e os dados de nossos clientes: estruturada, não estruturada e transmissão.
  • preparação dos dados: modelo de dados, conectores de dados e data lake
  • análise em escala: modelos preditivos, machine learning, análise estatística, otimização de decisão.
  • geração de insights: real-time scoring, decisão otimizada, APIs e serviços, dashboards e aplicativos interativos.
  • tomada de decisões: pessoas, sistemas, estratégias, operacional.

 

Power BI

O Power BI é um de nossos serviços de análise de negócios que fornece insight para permitir decisões rápidas e informativas. É a solução de Business Intelligence para todas as organizações, inclusive a sua.

Integrado ao Office 365, é uma solução de business intelligence completa e integrável através de Excel e Office 365. Fornece a você a descoberta de dados, análises e ainda melhora a capacidade de visualização para identificar insights de negócios a partir de dados no Excel, ou de qualquer outra fonte de dados. 

É uma solução baseada em nuvem, que permite a colaboração e redução das barreiras para a implantação de um ambiente de BI (business intelligence) para compartilhar relatórios e acesso a informações.

Com o Power BI analisar dados e métricas fica muito mais fácil e intuitivo.

Disponível para soluções departamentais e corporativas, ele oferece aos clientes:

  • Visualização Integrada dos seus negócios em Painéis, acessando seus dados em qualquer lugar
  • Agilidade para criar relatórios interativos
  • Análise avançada e integrada para toda a sua empresa
  • Integração com seus aplicativos, produzindo painéis para visualização em tempo real.

Entre em contato conosco e entenda como podemos na gestão de vendas da sua empresa facilitando a análise de dados e fazendo com que você chegue no topo.

 

Como dominar a gestão em vendas para fazer sua empresa crescer

Confira 4 soluções de Data Intelligence para a área de marketing

A estratégia de Data Intelligence é cada vez mais importante no cenário atual. Por meio de informações coletadas sobre o negócio ou o público, é possível definir a melhor maneira de atuar — inclusive, na hora de estabelecer ou otimizar as ações de marketing.

A verdade é que muitos dados são coletados pelo próprio setor de comunicação. Depois de serem trabalhadas, referenciadas e contextualizadas, fornecem informações relevantes e competitivas.

Quer saber um pouco mais? Confira quais são as 4 melhores soluções de Data Intelligence para o setor de marketing!

1. O gerenciamento de dados se torna mais efetivo e prático

Por meio dos bancos de dados e de Data Warehouses, é possível estabelecer ações de gerenciamento de informações. Montar uma lista de e-mail efetiva, por exemplo, fica mais simples com as ações automáticas para “limpar” os endereços.

Também há como integrar informações de várias fontes, como do CRM e de outros sistemas. Dessa maneira, é possível conhecer melhor o público e ter as ferramentas certas para atuar com maior nível de efetividade.

2. A segmentação de campanhas por perfis de clientes ajuda muito nos resultados

Outro ponto interessante é que o Data Intelligence permite “dividir” a base de clientes em partes menores, no que é chamado de segmentação. Por meio de Business Intelligence, automação e tratamento de dados, há a chance de identificar pessoas de acordo com certas características ou padrões de comportamento.

Dessa maneira, há as campanhas se tornam mais efetivas. Há como falar, diretamente, com o público desejado. Com a capacidade elevada de atingir o público certo, as probabilidades de a mensagem ressoar corretamente se ampliam.

3. O monitoramento da concorrência é amplamente favorecido pelo Data Intelligence

Um bom setor de marketing não olha apenas para a realidade interna do negócio. É necessário acompanhar a concorrência para identificar ameaças e oportunidades. Com as ferramentas certas de Data Intelligence, é possível verificar tais questões.

A coleta e o cruzamento de dados permitem reconhecer as necessidades e carências do público, deixadas pela concorrência. Também é viável usar Big Data para acompanhar os movimentos dos competidores e se antecipar a algumas ações.

4. A análise de resultados de campanhas e ações ganha muita tração

Não menos importante, a inteligência de dados também tem uma pegada voltada para análise de resultados — ou Analytics, como também é conhecida. Com os recursos certos, é possível mapear completamente o comportamento das pessoas no site ou as interações nas redes sociais.

Inclusive, os recursos certos de rastreamento ajudam a conferir qual é o Retorno sobre Investimento (ROI). Já as ferramentas de visualização de dados trazem maior compreensão sobre as informações e ajudam a garantir uma boa tomada de decisão.

Mesmo que a equipe não seja inteiramente especializada nessa proposta, o uso dos elementos de análise, a geração de relatórios e a apresentação gráfica fazem a diferença.

Usados corretamente, os recursos de Data Intelligence são essenciais para alavancar o marketing da empresa. Essas soluções ajudam a tornar as atividades mais efetivas e permitem que o negócio atinja novos objetivos.

Gostou de conhecer essas possibilidades? Compartilhe o post nas suas redes sociais e mostre as alternativas para os seus contatos!

Aprenda como usar o BI para tomadas de decisões

BI

Gerenciar qualquer setor ou assumir a liderança de um projeto é uma tarefa que, invariavelmente, envolve a tomada de decisões. Na verdade, decidir torna-se parte da rotina de trabalho. Mas as decisões precisam ser tomadas de forma rápida e, ao mesmo tempo, devem ser eficientes. 

Esse cenário implica que o gestor deve saber tomar decisões rápidas, sem comprometer os resultados. As consequências de uma decisão errada podem ser altamente prejudiciais. 

Para auxiliar o gestor, existem ferramentas digitais que podem ajudar a não errar em horas críticas, ou seja, o processo de tomada de decisões se torna menos complexo e a pressão sobre o líder suaviza. Veja como usar o BI nesse importante processo!

Implemente o BI contando com a participação de todos

Para funcionar, é fundamental que todos os envolvidos (stakeholders) se mobilizem, pois não existem soluções mágicas. Por melhor que seja a ferramenta, sozinha, sem o engajamento dos líderes, parceiros, colaboradores, ela não serve de muita coisa.

É preciso que os interessados atuem integrados entre si e, principalmente, a equipe de gestão controle o processo para que Business Intelligence funcione. 

Levante as demandas e as fontes de dados 

Outra ação a tomar é o levantamento das demandas existentes por informações e compreender quais são os dados que os gestores precisam. 

Depois, promova o mapeamento adequado das fontes de dados, ou seja, estruture de onde as informações serão coletadas após o levantamento das demandas de informação.

Defina as ferramentas que serão usadas

Para definir quais as ferramentas que serão aplicadas, é preciso analisar quais são as soluções disponibilizadas no mercado. Claro que também é possível desenvolver uma ferramenta mais específica para o negócio, ajustada às suas necessidades.

Seja uma solução do mercado, seja uma solução desenvolvida especificamente para a empresa, certamente serão dispendidos tempo para implementar a solução. isso significa que o BI é uma ferramenta dinâmica, versátil. Na verdade, é um conjunto de ferramentas que visam tornar mais fácil a gestão corporativa ou setorizada e tomar decisões fundamentadas em dados e não apenas na intuição do gestor, no que ele acha ou pensa.

Conheça algumas aplicações do BI (Business Intelligence)

Vale a pena conhecer as diferentes aplicações do BI para ter uma noção de como ele pode ajudar na tomada de decisões:

  • Oferece uma visão sistêmica dos rumos da organização;
  • Transforma as tendências em dados, ou seja, em elementos mensuráveis;
  • Compara os indicadores de desempenho com as metas propostas pela empresa;
  • Permite detectar erros nos processos;
  • Oferece maior agilidade na tomada de decisões;
  • Permite que quaisquer informações originadas dos sistemas de BI sejam acessadas de qualquer dispositivo móvel.

Veja como o BI pode ajudar na tomada decisão

O Business Intelligence tem a capacidade de coletar dados relacionados ao ciclo de produção, métodos de trabalho, indicativos associados ao planejamento estratégico, análise das perdas, gastos marginais no desenvolvimento produtivo e assim por diante.  

O sistema opera com as variáveis externas, considerando critérios macroeconômicos, o nível de competitividade, as expectativas do púbico consumidor e outras coisas. Nesse detalhado trabalho é que compreendemos o quanto é importante contar com um sistema de BI para ajudar na tomada de decisões.

O Business Intelligence transforma um volume alto de dados brutos em informações valiosas. A análise de todos esses dados, que antes eram realizadas pelos gestores das organizações, pode ser efetivada atualmente com mais confiabilidade e agilidade por ferramentas digitais de TI.

O BI certamente é um excelente aliado para tomar decisões em tempo hábil sem correr o risco de se precipitar e propor soluções falhas ou incompletas. A precisão dos relatórios do sistema de Business Intelligence oferece uma visão clara e bem compreensível do que está acontecendo e do que deve ser feito.

Com a ajuda do Business Intelligence, você pode realmente fazer muitas coisas. Veja, por exemplo, como transformar a análise de dados em ideias criativas!

O que esperar da área de TI para 2020?

área de TI

Como era de esperar, a área de TI é uma das que mais vêm se desenvolvendo. À medida que a transformação digital prossegue em seu curso, novos aprimoramentos e desafios vão surgindo.

A Gartner fez algumas previsões sobre o mercado de TI para 2020. A famosa empresa de consultoria sugeriu que até 2023 a quantidade de pessoas com algum tipo de deficiência que trabalham vai triplicar por causa da IA (Inteligência Artificial) e de outras tecnologias que estão emergindo.

Juntamente com o Machine Learning, a IA será decisiva no setor de marketing e cerca de 87% das empresas já estão procurando algum tipo de personalização em relação às novas ferramentas digitais que se impõem na atualidade e definirão os rumos de nossa sociedade, especialmente no campo econômico.

A área de TI se mostra bastante promissora

Para os profissionais de TI, o mercado está muito aquecido. De modo particular, o destaque vai para aqueles que estão ligados ao campo da Inteligência Artificial. A Gartner acredita que, aproximadamente, 2,3 milhões de empregos surgirão para os profissionais que atuam em carreiras ligadas à IA.

Conforme o Guia Salarial Robert Half 2020, muitos trabalhadores que atuam com metodologia ágil e procura conhecimentos por si mesmos serão os mais procurados para exercer cargos de BI (Business Intelligence), de desenvolvedores,  de gerentes de TI, de cientistas de dados, de engenheiros de dados, de CTOs (Chief Technology Office), de segurança da informação.

A IA vai estar ainda mais presente no mundo dos negócios

A IA tem um relevante destaque na área de TI. Muitas empresas vão adotar a IA até o final de 2020. Os projetos envolvendo a Inteligência Artificial estão ocupando um espaço cada vez maior nos negócios, nos modelos usados por diferentes organizações em todo o mundo.

Vale lembrar que a IA vai se transformar em parte da interface do usuário. Estima-se que mais de 50% dos toques serão ampliados por visão computacional, linguagem natural e fala. A IA, portanto, vai adquirir cada vez mais características humanas. Trata-se de uma tecnologia que será disseminada por toda parte, incorporando-se inclusive em muitos projetos de aplicativos e softwares.

A tecnologia de 5ª geração e a Internet das Coisas (IoT) ganharão espaço

O 5G vai mudar os paradigmas de conectividade, dando passagem para um futuro de conexões em larga escala, o que impulsiona a IoT.

A tecnologia diferencia três tipos de interações: as pessoas com as pessoas; as pessoas com as máquinas; as máquinas com as máquinas. Dessa forma, ela disponibiliza alta velocidade na conectividade pessoas, de objetos e de outros elementos em ambientes domésticos, industriais, urbanos, educacionais e assim por diante. Claro que essa conectividade vai impulsionar o mercado, o mundo dos negócios.

O blockchain vai muito além das criptomoedas

Apesar de muito associado à criptomoeda, o blockchain é muito mais que um regulador no mercado das criptomoedas. Ele permite armazenar de forma digital registros de transações comerciais em redes sem centralização.

Muitas empresas usarão esse sistema para o rastreamento e a confirmação da autenticidade do conteúdo que publicam, destinado a leitores em geral e a clientes em particular.

Enfim, é inegável que, para 2020 e os anos subsequentes, a área de TI passará por transformações radicais que, na verdade, constituem o curso natural de sua evolução.  Ela vai impactar de forma ainda mais contundente sobre a sociedade, a economia, os negócios.

Achou este post esclarecedor? Sentiu-se motivado com o que a área de TI reserva para 2020 e o futuro? Certamente, outros profissionais da área também se sentirão satisfeitos em conhecer melhor essas estimativas. Compartilhe seu conhecimento com eles. Compartilhe este post nas redes sociais!

Business Intelligence: confira as soluções da BDA Solutions

Business Intelligence

A estratégia de Business Intelligence pode ajudar empreendimentos com diversas propostas e soluções. Utilizada corretamente, permite que as empresas avaliem grandes quantidades de dados e encontrem relações entre eles, o que aumenta o conhecimento do negócio. Nesse sentido, escolher as ferramentas certas é essencial e as soluções da BDA Solutions chamam a atenção.

Com produtos atualizados e flexíveis, a empresa oferece o que é existe de mais moderno sobre a análise de negócios. Com isso, é possível obter bons resultados quanto à aplicação das ferramentas.

Na sequência, veja quais são os destaques entre as soluções da BDA Solutions e entenda como cada uma reforça o Business Intelligence.

O Power BI é um dos principais recursos do mercado

Ao pensar nessa abordagem de dados, é praticamente impossível não citar o Power BI. Desenvolvido pela Microsoft, oferece uma abordagem completa sobre o uso de dados e como eles se relacionam.

Ele permite, por exemplo, ter visualização integrada por meio de painéis que utilizam dados de diversas fontes. Também exibe integração com os principais aplicativos e sistemas, o que favorece a digitalização do negócio.

Depois que os dados são importados e estudados, o software cria relatórios completos e visualizações de dados diferenciadas. Assim, fica mais fácil obter um nível aprofundado de entendimento.

O Quest Toad reforça as análises de Business Intelligence

Quando o negócio deseja aumentar seus conhecimentos internos e externos, o Quest Toad é uma das melhores soluções da BDA Solutions. Criado pela Quest, é voltado, principalmente, para as questões de data warehouse, estruturação de dados e conexão entre informações.

Por meio do Intelligence Central, é possível compartilhar informações sem barreiras, com segurança e ampla facilidade. Também simplifica a visualização, o que estimula a colaboração entre os pontos.

Já o Data Point oferece recursos de integração e de trabalho com diferentes fontes, o que permite criar um Data Lake, por exemplo. Ainda traz um conjunto com outras ferramentas e favorece o compartilhamento de dados.

O Minitab oferece uma visão estatística das informações

Apesar de não ter sido criado como uma ferramenta de Business Intelligence, o Minitab está entre as soluções da BDA Solution quando esse é o tema. Ele realiza diversos tipos de análises estatísticas, desde as de desvio padrão ou de intervalo de confiança a gráficos e diagramas. Há histograma, gráfico de Pareto e até ferramentas para o controle de qualidade.

Quando o negócio deseja ter uma visão lógica e pragmática sobre os dados numéricos, essa é a alternativa ideal. Após a análise, os relatórios e conclusões ajudam a ter uma visão ampla do cenário.

As soluções da BDA Solutions para a parte de Business Intelligence incluem softwares com diversas funcionalidades. Ao escolher quais atendem melhor à empresa, é possível obter todos os benefícios envolvidos.

Quer sempre ficar por dentro das novidades, técnicas e lançamentos? Assine nossa newsletter e receba diretamente em sua caixa de entrada.

Como gerar outputs efetivos para sua rotina de trabalho?

gerar outputs

A geração de outputs efetivos é uma proposta de alta relevância para os setores de qualquer empresa. Os outputs efetivos podem ser serviços ou produtos que realmente atendam às expectativas do cliente assim como às necessidades da empresa. Trata-se de transformar adequadamente as entradas (inputs) em saídas (outputs) oportunas.

Esse processo de transformação deve acontecer no dia a dia, na rotina de trabalho. Em TI, as entradas podem ser softwares, toda a tecnologia aplicada para otimizar o trabalho do setor e melhorar os resultados de toda a empresa. Também pode se referir às ideias e técnicas que procuram aprimorar o trabalho corporativo.

Ficou interessado? Quer saber mais? Veja a seguir como gerar outputs efetivos em sua rotina de trabalho!

Defina um horário para começar e para encerrar o trabalho

A boa organização requer horários definidos para começar e encerrar o expediente. É ilusão acreditar que trabalhar demais, além dos seus próprios limites, gera resultados vantajosos. O excesso de trabalho promoverá desgaste, afetará a produtividade e resultará em outputs insatisfatórios.

Apesar de toda a flexibilidade na rotina de trabalho moderna, é fundamental determinar uma janela de tempo para se dedicar às atividades. Se a rotina costuma ser cansativa, uma rotina desorganizada será ainda mais desgastante e infrutífera.

Uma coisa é certa: é preciso limites para tudo. E é fundamental respeitar esses limites, sem ficar muito aquém ou muito além daquelas marcas.

Priorize as atividades principais para não se distrair

Essa tarefa pode ser realizada no final do dia, como uma preparação para o dia seguinte. Por outro lado, pode ser a primeira tarefa do dia, para ter um planejamento que assegure a visibilidade de todas as ações que serão tomadas ao longo desse dia.

A programação das tarefas evita as distrações, pois há um compromisso em foco a ser cumprido. Essa estratégia deixa o dia bem mais produtivo, permitindo gerar outputs conforme o planejado, sem atrasos e sem a incidência de retrabalhos. A priorização de tarefas ajuda a compreender se é possível receber outras demandas além das que já foram programadas.

Faça pausas programadas na rotina de trabalho

Da mesma forma que trabalhar demais pode ser prejudicial aos resultados, trabalhar de menos pode ser ainda pior. Para evitar que a rotina se torne mais cansativa que o necessário, convém fazer pausas programadas durante o expediente.

Mas é válido tomar cuidado para que as pausas não ultrapassem o tempo indicado. Quando se fica por muito tempo parado, isso pode desestimular os profissionais a retomarem suas atividades.

É importante decidir se serão poucas pausas longas ou muitas pausas curtas, como acontece com o método Pomodoro. Nesse sistema, a pessoa trabalha 25 minutos seguidos e para por 5 minutos, repetindo esse ciclo durante toda a jornada.

Para gerar outputs efetivos, não se distraia

Descansar e relaxar não são a mesma coisa que ficar distraído. A distração tira o profissional de seu foco, o descanso não. A própria tecnologia pode ser um motivo para distrações ainda que no setor de TI (e em qualquer setor da empresa), ela deva ser aplicada como ferramenta de trabalho.

Os smartphones, os smartwatches e as redes sociais são exemplos de coisas que podem distrair o profissional na rotina de trabalho. Contínuas mensagens no celular e vibrações no pulso tendem a tirar a atenção de quem está trabalhando. Portanto, o ideal é deixar o celular no silencioso durante a execução das atividades e consultar o horário no computador, dispensando o smartwatch durante algumas horas.

Seguindo essas recomendações, a rotina de trabalho será mais produtiva, permitindo gerar outputs efetivos a partir de todos os inputs disponíveis. É um desafio para todos os colaboradores e, principalmente, para os gestores, mas é possível aplicar ações que resultam eficazes e tornam seu trabalho mais produtivo.

Gostou do artigo? Então curta nossa página no Facebook para receber as atualizações do blog!

Chamar no WhatsApp
Precisa de ajuda?
Olá! Podemos ajudar?
  • Converse com nossos consultores!

    Preencha o formulário abaixo que nós entraremos em contato com você!





    • Converse com nossos consultores!

      Preencha o formulário abaixo que nós entraremos em contato com você!





      • Converse com nossos consultores!

        Preencha o formulário abaixo que nós entraremos em contato com você!





        • Converse com nossos consultores!

          Preencha o formulário abaixo que nós entraremos em contato com você!





          • Converse com nossos consultores!

            Preencha o formulário abaixo que nós entraremos em contato com você!





            • Converse com nossos consultores!

              Preencha o formulário abaixo que nós entraremos em contato com você!





              • Participe do nosso treinamento!

                Preencha o formulário abaixo que nós entraremos em contato com você!




                • Participe do nosso treinamento!

                  Preencha o formulário abaixo que nós entraremos em contato com você!




                  • Participe do nosso treinamento!

                    Preencha o formulário abaixo que nós entraremos em contato com você!




                    • Participe do nosso treinamento!

                      Preencha o formulário abaixo que nós entraremos em contato com você!




                      • Participe do nosso treinamento!

                        Preencha o formulário abaixo que nós entraremos em contato com você!




                        • Converse com nossos consultores!

                          Preencha o formulário abaixo que nós entraremos em contato com você!





                          • Converse com nossos consultores!

                            Preencha o formulário abaixo que nós entraremos em contato com você!





                            • Converse com nossos consultores!

                              Preencha o formulário abaixo que nós entraremos em contato com você!





                              • Converse com nossos consultores!

                                Preencha o formulário abaixo que nós entraremos em contato com você!





                                • Converse com nossos consultores!

                                  Preencha o formulário abaixo que nós entraremos em contato com você!





                                  • Converse com nossos consultores!

                                    Preencha o formulário abaixo que nós entraremos em contato com você!





                                    • Converse com nossos consultores!

                                      Preencha o formulário abaixo que nós entraremos em contato com você!





                                      • Converse com nossos consultores!

                                        Preencha o formulário abaixo que nós entraremos em contato com você!





                                        • Converse com nossos consultores!

                                          Preencha o formulário abaixo que nós entraremos em contato com você!





                                          • Converse com nossos consultores!

                                            Preencha o formulário abaixo que nós entraremos em contato com você!





                                            • Converse com nossos consultores!

                                              Preencha o formulário abaixo que nós entraremos em contato com você!





                                              • Converse com nossos consultores!

                                                Preencha o formulário abaixo que nós entraremos em contato com você!





                                                • Converse com nossos consultores!

                                                  Preencha o formulário abaixo que nós entraremos em contato com você!





                                                  • Participe do nosso treinamento!

                                                    Preencha o formulário abaixo que nós entraremos em contato com você!