Power BI: 4 dicas para iniciantes
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

O Power BI é desenvolvido pela Microsoft e é uma poderosa ferramenta de análise de dados. Graças aos seus diversos recursos, é possível aumentar a inteligência de negócio, tomar decisões adequadas e até prever cenários.

No entanto, há muitos passos dedicados a usuários avançados. Para quem começa agora, algumas instruções ajudam a aproveitar ao máximo a ferramenta.

Na sequência, veja 4 truques essenciais para os iniciantes em Power BI e tire o melhor dessa solução!

1. Comece pela obtenção de dados

Para poder usar todos os recursos, o primeiro passo consiste em se conectar às fontes de dados, de modo a importá-los para o programa. O processo pode ser feito logo na página inicial do Power BI e permite a conexão com diversas fontes e formatos. O melhor é que você ainda terá a chance de coletar dados de sites já publicados e outras fontes online. Com isso, você pode centralizar tudo e fazer um estudo completo.

O ideal é selecionar as informações semelhantes e que possam gerar análises completas, como em relação ao People Analytics, por exemplo. Desse modo, você terá tudo o que é necessário para trabalhar.

2. Formate as informações no editor de consultas

No Power BI, mesmo os iniciantes conseguem definir como os dados devem ser estudados e quais conclusões devem oferecer. O processo é feito no Editor de Consultas, na parte de formatação.

Assim que as informações forem carregadas, parta para estabelecer como elas devem ser apresentadas ou analisadas. É possível renomear elementos, corrigir falhas de reconhecimento e assim por diante. Esse trabalho é muito importante para que, depois, tudo seja identificado corretamente.

3. Visualize os dados com o Power View

Para ter uma visualização simplificada e de sucesso, é interessante utilizar o recurso Power View. Ele é relativamente descomplicado, mas não deixa de ser interativo. A dica é ter uma base de dados para analisar e usar os gráficos e as tabelas.

A visualização pode ser transformada de acordo com as suas preferências, o que favorece o uso em apresentações, por exemplo. Depois de entender esse recurso básico, você poderá recorrer ao Power Map, que cria um mapa 3D que pode ser “navegado”, conforme as suas preferências.

4. Realize um curso sobre Power BI

Para começar com o pé direito quanto ao uso dessa ferramenta, é muito indicado fazer um curso voltado para o assunto. É a oportunidade perfeita para conhecer os fundamentos sobre o software e compreender tudo o que é necessário para colocá-lo em prática. Além disso, é um jeito de entender, de maneira lógica, todos os níveis de soluções que podem ser desenvolvidas com a ferramenta.

O ideal é buscar um curso prático, com abordagem direta ao ponto. Um que seja oferecido por uma empresa especialista no ramo permite se capacitar para o relevante, o que aumenta o retorno sobre o investimento. Então, não deixe de considerar essa alternativa para tirar o máximo do recurso.

O Power BI é uma excelente ferramenta para analisar os dados e conhecer melhor a situação do negócio. Com essas dicas, mesmo os iniciantes podem aproveitar seus recursos e explorar todas as suas possibilidades.

Se essas informações tiverem sido úteis, compartilhe o post nas suas redes sociais e mostre para seus contatos quais são as melhores práticas.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *