Descubra como aplicar Power BI no varejo
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Entender o que querem as pessoas é cada vez mais importante para ter bons resultados. Ao lidar diretamente com o cliente final, isso é essencial para obter competitividade. Já que a tecnologia pode ajudar, aplicar o Power BI no varejo é uma excelente solução.

Por meio dessa ferramenta, é possível coletar, analisar e cruzar dados de várias fontes. Com os números, dá para chegar a conclusões sobre a preferência dos consumidores, o que eles desejam e como se comportam. Isso auxilia na personalização e, principalmente, na tomada de decisões estratégicas.

Para não ter dúvidas sobre o que fazer, veja como implementar o Power BI no varejo e aprenda a obter os melhores resultados.

Conheça as necessidades e faça uma implementação de sucesso

O primeiro passo, sem dúvidas, consiste em selecionar a alternativa e escolher as ferramentas adequadas para cada necessidade. Basicamente, significa começar com um levantamento das exigências do empreendimento, para entender quais dados são importantes. Se o negócio tem muitas franquias ou unidades, por exemplo, é preciso recorrer a uma visualização de informações nesse sentido.

Depois de reconhecer os pontos mais relevantes, faça a implementação de modo estruturado. Vale a pena ter o apoio de uma empresa especializada, pois ela garantirá a melhor aplicação da ferramenta. Em vários casos, é necessário baixar o pacote de conteúdo completo e obter as informações de maneira adequada. Novamente, a orientação certa faz a diferença.

Centralize os dados sobre as unidades

Dependendo das exigências, é possível utilizar o Power BI no varejo para centralizar todas as informações referentes ao varejo. Basicamente, é um meio de ter visibilidade completa sobre os resultados, o que permite tomar decisões otimizadas.

Opte por um dashboard robusto, bem como por gráficos e representações em relação ao todo. Ao identificar quais unidades vendem mais, por exemplo, há como reconhecer quais locais se destacam e quais são as características relevantes. Desse modo, é possível replicar o que faz sucesso e corrigir o que não tem atendido às expectativas.

Faça comparações ao usar o Power BI no varejo

Além disso, a ferramenta é excelente para gerar comparações confiáveis e que ajudam a ter uma visão mais clara sobre o negócio. A visão temporal é a melhor maneira de acompanhar a evolução real do estabelecimento.

É o caso de entender, por exemplo, como as vendas atuais se comparam às de períodos anteriores, como o ano passado ou semestre prévio. Isso ajuda a compreender se certas estratégias têm dado certo e o que demanda atuação imediata.

Analise a área de vendas e marketing

Para tornar os resultados ainda melhores, convém adotar o Power BI no varejo do ponto de vista do marketing e das vendas.

Com a área certa, dá para entender qual é a participação de mercado, quais foram as oportunidades perdidas e o que ainda pode ser explorado da melhor maneira. Também é um jeito de compreender a atuação em relação aos principais concorrentes, o que mantém a competitividade em alta.

O Power BI no varejo pode ser usado de várias formas, mas tudo começa com uma implementação robusta. Ao ter o apoio técnico de uma boa empresa fornecedora, é possível explorar as diversas alternativas da solução.

Gostou dessas propostas? Acompanhe nosso perfil no Facebook para mais informações!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *