Como extrair, transformar e carregar dados mais rapidamente?
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Carregar dados é uma tarefa que exige atenção. O processo de extração, transformação e carregamento de informações é conhecido como ETL. A sigla para Extract, Transform e Load abrange um dos fluxos de processos de maior importância quando o assunto é a ciência de dados. Afinal, mais que apenas produzir as informações, é essencial saber trabalhá-las corretamente.

No entanto, há o obstáculo referente ao volume de dados. Como existe uma quantidade cada vez maior de conhecimento consolidado, é preciso aumentar a capacidade. Além de tudo, a rapidez é indispensável para viabilizar o dinamismo.

Para que não restem dúvidas, veja algumas dicas para extrair, transformar e carregar dados com mais facilidade.

Adote uma abordagem incremental

Um dos erros na realização dessas etapas consiste em sempre partir do zero. Ao extrair, transformar e carregar todos os dados a cada vez, o resultado é uma demora muito maior. Além disso, será necessário dispor de uma capacidade de processamento progressivamente elevada.

No lugar, é melhor criar “pacotes” incrementais. Continuar de onde tudo foi interrompido da última vez faz muito mais sentido e ajuda a construir um entendimento fortalecido. Por isso, o foco do uso tem que estar em trabalhar apenas com os dados que não receberam a devida atenção.

Use as ferramentas adequadas para cada processo

Outro ponto importante tem a ver com a escolha das ferramentas de BI e Big Data. Não basta querer ter mais eficiência se os recursos utilizados não são voltados para isso. Portanto, o primeiro passo consiste em escolher corretamente o que vai ser usado nesse sentido.

Em seguida, é preciso optar por ferramentas para cada processo. Se o principal gargalo for a extração, o melhor é focar em recursos específicos. Se o objetivo tem a ver com a visualização de informações, o programa deve ser pensado para essas transformações. Quando o desejo é carregar dados de forma avançada, o sistema deve contemplar a possibilidade.

O cuidado principal consiste em ficar de olho na integração, de modo a garantir um bom fluxo de tarefas.

Faça testes para extrair, transformar e carregar dados

Não existe uma solução universal quando se fala no manejo e no aproveitamento de dados. O volume de informações, os dados e os objetivos não são iguais para todos os empreendimentos, o que faz com que os processos de ETL também não sejam os mesmos.

Portanto, cada negócio deve encontrar a própria “receita” para trabalhar de modo mais eficiente. Além do planejamento inicial e das ferramentas corretas, vale a pena realizar testes. Modifique certas variáveis, acompanhe o desempenho e, a partir disso, descubra o que funciona para o empreendimento.

Crie uma base histórica de informações

Como visto, o uso de pacotes incrementais de informações é um dos jeitos de acelerar o processo de tratamento dos dados. Para viabilizar e potencializar essa questão, uma dica consiste em estabelecer um histórico de informações.

Armazenar o que for importante é indispensável para evitar retrabalhos e diminuir a necessidade de atuação. Desse modo, não é preciso gastar tempo com algo que, na prática, não vai ajudar na conquista de resultados melhores.

Extrair, transformar e carregar dados com maior rapidez é essencial para ampliar a eficiência do seu negócio. Com essas dicas, o fluxo de processos sai favorecido e é possível aproveitar ao máximo a integração tecnológica.

Para se manter sempre atualizado e conseguir novas dicas, siga nossa página no LinkedIn. Estamos esperando você!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *